Futuro

2 de abr de 2012
“A gente não aprende a viver sentado numa carteira de colégio." (Verônica Heiss)

Antes de dormir fiquei pensando, o que será que vai acontecer daqui pra frente? Quando a escola acabar, sabe. Quando ao invés de pontos na média eu vou ter que correr atrás de emprego.

Vou trocar as provas e os trabalhos por contas e despesas. As responsabilidades vão muda, mas será que vou? Não vai ser fácil trocar os professores que te consideram como filhos (palavras deles) por um patrão, que só espera que você dê lucros pra ele. Os colegas de turma que te ajudam quando suas notas estão baixas, vão deixar de existir pra dar lugar aos companheiros de trabalho que disputam com você a mesma promoção.

Adoraria ter uma bola de cristal, dessas que as pessoas usam pra adivinhar o futuro, só pra saber como vai ser quando o colégio acabar. Por quantas entrevistas eu vou ter que passar até conseguir minha vaga, ou se meu salário vai ser suficiente pra sustentar meu apartamento.

Mas pensando bem, talvez eu esteja botando a carroça na frente dos bois, apressando demais as coisas sabe... Melhor me preocupar com a prova da semana que vem.

0 comentários:

Postar um comentário