Inércia

7 de ago de 2015
Dá para acreditar que já estamos em agosto? Acho que só hoje me caiu a ficha de que mais um ano está acabando. E se eu te perguntar, o que você fez esse ano? Você realizou tudo da sua lista de “Metas para 2015”? Sinceramente, eu não.

Assim como não fiz nada do que pretendia para esse ano, me dei conta de que foi só mais um que passou, quase sem perceber, meio que empurrando com a barriga.

Inclusive é assim que tem sido meus últimos dias, mil planos, nada feito.

Uma das coisas que queria fazer esse ano era definir uma meta a longo prazo, ter algum desejo para o futuro, mas percebi que não adianta nada querer estar em algum lugar daqui a dez anos e não saber como fazer isso acontecer. Lá vou eu de novo escrever mais uma lista, com objetivos enumerados que dificilmente serão riscados. Não dessa vez.

Fui engolida pela faculdade, soterrada pela rotina e ainda nas férias continuei só seguindo o fluxo.

A Estefanie do Coisas Fúteis fez um post falando sobre gratidão, e eu percebi que é por ai que eu devo começar - nem que seja para agradecer um dia inteiro de preguiça na cama –, junto quero escrever uma lista de expectativas para cada dia, uma atitude por dia, um passo de cada vez, mas nada que seja difícil de realizar. Uma parte do armário para organizar, as primeiras páginas de um livro ou uma receita nova. Cada dia um pouquinho, até chegar em algum lugar.
Ainda dá tempo de fazer o ano ser especial

0 comentários:

Postar um comentário