Finalmente, um ano novo

6 de jan de 2016
"Que eu tenha menos crises existenciais e mais crises de riso"
Acho que já perdi a prática de escrever aqui. Já faz um bom tempo né?

2015 foi no mínimo um ano estranho. Estranho, por falta de uma palavra que combine mais com os sentimentos que ele deixou. Foi um ano de muitos acontecimentos, e a maioria deles não foram tão bons assim. Tenho tentado pensar no lado positivo, nas coisas boas que aprendi com essas situações, com os momentos especiais, mas ficou difícil sabe? Sempre que penso no ano passado só consigo me lembrar da sensação de "Esse ano precisa acabar logo".

E ai o ano acabou. E aí?

Essa sensação de que tudo anda meio estranho não passou. Droga. O ano novo falhou na sua missão de renovação dessa vez. Cadê toda aquela energia e motivação que eu deveria estar sentindo? 

2015 foi tão estranho que conseguiu tirar o brilho da chegada de um novo ano.

Mas eu não vou deixar isso ficar assim, esse é o meu ano! E eu tenho certeza que 2016 vai ser incrível de muitas formas!

Ok, começamos bem. Temos otimismo. Temos vontade. E por mais que o futuro desse ano tente me surpreender de maneira negativa, eu não posso deixar. Em dezembro desse ano eu quero ter a certeza de que eu fiz o meu ano ser incrível. Independente de qualquer coisa, de qualquer pessoa ou qualquer acaso.

Esse ano eu é que vou ser incrível!

Desde já, obrigada 2016!

0 comentários:

Postar um comentário