Pela primeira vez em muitos anos, tudo está diferente. Eu lembro que no meu aniversário de vinte e um eu não estava satisfeita com o modo como a minha vida estava, e eu queria mudanças. Eu só não imaginava aconteceriam tantas, em um período tão curto de tempo.

O último ano foi bem caótico pra ser sincera, variando entre momentos incríveis e péssimos em questões de semanas (mas acho que todo mundo ficou com essa sensação né?). Mas a verdade é que os 21 vieram pra me fazer tomar decisões e me fazer entender que tudo bem mudar de opinião.

Os 21 vieram carregados de mudanças. Me sacudiu e me tirou da zona de conforto. E tudo é tão novo, tão desconhecido.

Já não tenho mais o abraço certo pela manhã, mas encontrei tantos novos amigos nesse meio tempo, tanta gente especial que faz questão de estar perto e desejar minha alegria. Se antes eu tinha um caminho certo a percorrer, agora estou tentando descobrir os lugares certos em que posso pisar, e sei que se precisar terei várias mãos pra me segurar se tropeçar no trajeto.

Descobri novos ritmos, novas cores e novos lugares. Por mais que as tradições me trouxessem um quentinho no coração, um lugar a que pertencer, eu descobri que o novo me oferece aquele friozinho na barriga, que também é incrível.

Duvidei tanto se estava no caminho certo na faculdade, e não só encontrei alguém que acredita no meu trabalho e quis dividi-lo comigo, mas também vi o reflexo disso nas outras pessoas, e quase não consigo acreditar que em algum momento eu pude questionar meu próprio potencial.

Se no ano passado no meu aniversário eu desejei mudanças, esse ano eu só quero agradecer.  Pelos momentos maravilhosos que passei ao lado de pessoas incríveis - algumas que já não estão mais tão perto assim. Por todas as pessoas que se aproximaram e reaproximaram de mim. Agradecer até pelas coisas que eu considerei ruins, mas me fizeram crescer tanto.


Eu cheguei nesse aniversário me conhecendo, me descobrindo. A mim e ao mundo. E por mais estranho que ele seja, eu espero que seja incrível!

Que seja doce!

Deixe um comentário